Câmara de Macaé alcança 3º lugar em transparência no Estado

Cesinha afirma que resultado é fruto da eficiência da atual gestão (Foto: Tiago Ferreira)

Foram analisadas 86 casas legislativas em todo o Estado do Rio de Janeiro e a Câmara de Macaé conquistou a terceira colocação, com apenas um décimo de diferença para a segunda colocada: a Câmara de Nova Friburgo. O primeiro lugar ficou com o município do Rio de Janeiro. A pesquisa inédita, que avaliou o nível de transparência dos portais eletrônicos de cada um dos municípios fluminenses com mais de 10 mil habitantes, foi realizada pelo IFF Campos e pela Uenf e divulgada na última semana.

De acordo com o presidente Cesinha (Pros), o resultado mostra o comprometimento da atual gestão com a cidade. “A nossa intenção é seguir modernizando cada vez mais os trabalhos da Câmara. Agradeço a todos os servidores e parlamentares que colaboram para que, mais uma vez, a Câmara seja um exemplo.”

Além de examinar a divulgação dos atos políticos, administrativos e de planejamento das câmaras, a pesquisa também julgou o quão rápido e simples é o acesso a essas informações por qualquer cidadão interessado no assunto.

Na prática, a ideia é mensurar a possibilidade e a facilidade da população em acompanhar como os gestores das câmaras utilizam o orçamento que dispõem: suas receitas, despesas, quem são os servidores públicos, quanto ganham, entre outros dados.

A conclusão dos coordenadores do estudo, os professores e pesquisadores Renato Barreto e Victor Peixoto, é que a transparência não depende tanto de recursos financeiros e de tecnologia, mas, sim, de vontade política.

Últimas Notícias