Moradores da Barra cobram iniciativas do governo na Câmara Itinerante

 <span style="font-family: arial, helvetica, sans-serif; font-size: 14px; text-align: justify;">População reivindica melhorias na educação, mobilidade urbana, acessibilidade e meio ambiente.</span>

Com expressiva participação popular, a Câmara Itinerante, que aconteceu na Barra de Macaé, movimentou a manhã deste sábado (15). Diante dos vereadores e representantes de diversas pastas do governo, moradores apresentaram reivindicações e cobranças para o bairro e localidades vizinhas. A realização do evento foi proposta pelo vereador Júlio César de Barros (PPL), o Julinho do Aeroporto.
 

– A Barra de Macaé é um bairro que precisa de diversas intervenções do governo e, assim como aconteceu no Parque Aeroporto, acredito que veremos resultados em breve. É muito importante ver que os moradores têm a consciência de que precisam cobrar e acompanhar as iniciativas dos governantes. É neste caminho que devemos seguir – declarou Julinho.
 

Assim como nas últimas edições do projeto, a educação foi tema de diversos questionamentos. Entre as cobranças, está a ampliação ou construção de uma nova escola, aumentando o espaço para atividades multidisciplinares para crianças e adolescentes. Maxwell Vaz (SD) lembrou uma indicação de sua autoria, que sugere a adaptação de um local subutilizado pela prefeitura para a implantação de uma unidade escolar. “A Câmara está apresentando as propostas. Resta ao governo executar os projetos que são anseios dos moradores. A educação deve ser prioridade”, defendeu o parlamentar.
 

Os moradores também reivindicaram estudos sobre a mobilidade urbana no bairro, a fim de desafogar o trânsito na Rodovia Amaral Peixoto e promover maior segurança aos pedestres. Passarelas, redutores de velocidade e construção de vias alternativas foram algumas das propostas levantadas, além da ampliação e maior segurança no túnel de acesso à orla, que os moradores utilizam para evitar a travessia pela pista.
 

– A Rodovia Amaral Peixoto deveria se chamar Rodovia da Morte. Sou morador da Barra desde que nasci, há 23 anos, e já perdi a conta de quantas pessoas morreram tentando atravessar a pista. Para mim, a prioridade deve ser a segurança e não a velocidade dos veículos – defendeu Jeferson de Souza.
 

Manter a tradição econômica do bairro também foi uma cobrança dos representantes da colônia dos pescadores, que defenderam a valorização da categoria, além de maior fiscalização nas áreas de preservação ambiental. De acordo com moradores, há inúmeros casos de invasão e construções irregulares. A presença de maior efetivo da Guarda Municipal e intervenções nos espaços públicos para melhorar a acessibilidade ainda foram abordados durante as quase três horas e meia de evento.
 

– Fico satisfeito com a grande presença dos moradores e de representantes da prefeitura, que vieram para ouvir diretamente os anseios da população. Como Poder Legislativo, não podemos executar obras, mas estamos cumprindo o nosso papel, que é fiscalizar e propor projetos. Além da transmissão on-line pela internet, este encontro será formalizado em ata oficial e, posteriormente, encaminhada ao prefeito – afirmou o presidente da Câmara Municipal de Macaé, Eduardo Cardoso (PPS).
 

No próximo sábado (22), a Câmara Itinerante será realizada no bairro Novo Cavaleiros.  Novas edições já estão agendadas até o início de outubro.

Jornalista: Júnior Barbosa
 

Últimas Notícias

Mesa diretora

Competências/Atribuições ( Art. 9 do Regimento Interno)

I – propor Projetos de Resolução que:

a) criem, modifiquem ou extingam cargos, empregos ou funções de seus serviços e fixam os respectivos vencimentos;

b) fixem ou atualizem a remuneração do Prefeito e dos Vereadores, e a verba de representação do Vice-Prefeito e do Presidente da Câmara, obedecido o inciso do Artigo 63, item XVII, da Lei Orgânica do Município;

c) disponham sobre a transposição, o remanejamento ou a transferência de recursos do Orçamento da Câmara, de uma categoria de programação para outra.

II – elaborar a proposta orçamentária da Câmara a ser incluída no orçamento do Município e apresentar ao Plenário com cópia aos Vereadores;
III – solicitar abertura de créditos suplementares ou especiais, quando os recursos forem insuficientes ou não tenham sido previstos no Orçamento da Câmara;
IV – promulgar as resoluções e os decretos legislativos;
V – pode apresentar indicações, emendas, projetos e etc. para discussão e votação pelo plenário da câmara;
VI – autografar os Projetos de Lei aprovados, para serem encaminhados ao Prefeito Municipal;
VII – determinar, no início da Sessão Legislativa anual, o arquivamento das proposições não apreciadas na anterior;
VIII – prestar contas à população do Município dos trabalhos realizados no ano anterior, pela Câmara, através da divulgação resumida dos mesmos, no mês de janeiro de cada ano;
IX – requisitar força policial, quando necessária a preservação da ordem e regular funcionamento dos trabalhos da Câmara.

Clique aqui para ter acesso à Resolução nº 1965/2016, que regulamenta a aplicação, no âmbito da Câmara Municipal de Macaé, da Lei Federal nº 12.527 e dá outras providências.

Cadastro realizado com sucesso

Seu cadastro será analisado por nosso setor de licitação.

Cadastro realizado com sucesso

Neste período, de acordo com o art. 61 do Regimento Interno (conforme redação dada pelo art. 4 da Resolução n. 2013/2022) ocorre o recesso legislativo e por essa razão não é disponibilizado a frequência dos vereadores.

A Câmara Municipal de Macaé informa que, até o momento, não foram realizados concursos ou processos seletivos recentes. O último concurso ocorreu em 2012. Para acessar informações sobre concursos anteriores, clique no link abaixo e consulte os arquivos correspondentes.