Sessão Solene debate propostas da “Campanha da Fraternidade 2016”

Ato foi realizado na antiga sede da Câmara

 

Neste ano, a Campanha da Fraternidade busca, ainda mais, aprofundar debates e propor iniciativas que visam amenizar os problemas ambientais do planeta. Com o tema “Casa comum, nossa responsabilidade”, autoridades, sociedade e representantes religiosos discutiram questões, como saneamento básico e inclusão social, durante sessão solene, realizada na noite da última quinta-feira (25), na antiga sede da Câmara de Macaé.

 

O ato foi conduzido pelo vereador Marcel Silvano (PT) e ainda contou com a presença dos parlamentares Chico Machado (PSB) e Maxwell Vaz (SD), além do secretário de Saúde, Dr. Pedro Reis, representando o governo municipal. Antes das explanações dos presentes, Marcel abriu espaço para músicos macaenses entoarem o hino da campanha e, após, foi exibido um documentário que abordou a participação ecumênica em ações sociais.

 

“No Brasil, 100 milhões de pessoas ainda vivem sem saneamento básico. Que tenhamos a sabedoria de dialogar questões como essa, envolvendo toda a sociedade, seja para a nossa cidade, estado ou país. A lógica do consumo a qualquer preço se esgotou e é preciso repensar diversos conceitos”, alertou Marcel.

 

Chico Machado enalteceu a participação do público e falou a respeito da falta de investimentos na área, no passado. Já Maxwell Vaz lembrou saneamento básico envolve o tratamento de esgoto, da água e dos resíduos. “É preciso aumentar a fiscalização nas obras e cobrar mais investimentos públicos”, defendeu.

 

Preocupação com o saneamento desde o século 19

 

A coordenadora da Pastoral da Sobriedade, Ivânia Ribeiro, ainda resgatou um texto histórico que comprovou o interesse do Legislativo macaense sobre a causa. Ivânia, que já ocupou cargo de vereadora, leu discurso feito no mesmo plenário, em que um vereador alertava para os problemas da falta de saneamento em Macaé, de 1894.

 

“O planeta será de todos quando for um planeta de justiça”, complementou o Padre João. “Que as ações continuem, mesmo após o fim da campanha, para que não adotemos apenas medidas pontuais. Todos, independente de questões religiosas, podem e devem lutar por um mundo melhor”, finalizou o Padre Mauro.

 

 

Jornalista: Júnior Barbosa

Últimas Notícias

Mesa diretora

Competências/Atribuições ( Art. 9 do Regimento Interno)

I – propor Projetos de Resolução que:

a) criem, modifiquem ou extingam cargos, empregos ou funções de seus serviços e fixam os respectivos vencimentos;

b) fixem ou atualizem a remuneração do Prefeito e dos Vereadores, e a verba de representação do Vice-Prefeito e do Presidente da Câmara, obedecido o inciso do Artigo 63, item XVII, da Lei Orgânica do Município;

c) disponham sobre a transposição, o remanejamento ou a transferência de recursos do Orçamento da Câmara, de uma categoria de programação para outra.

II – elaborar a proposta orçamentária da Câmara a ser incluída no orçamento do Município e apresentar ao Plenário com cópia aos Vereadores;
III – solicitar abertura de créditos suplementares ou especiais, quando os recursos forem insuficientes ou não tenham sido previstos no Orçamento da Câmara;
IV – promulgar as resoluções e os decretos legislativos;
V – pode apresentar indicações, emendas, projetos e etc. para discussão e votação pelo plenário da câmara;
VI – autografar os Projetos de Lei aprovados, para serem encaminhados ao Prefeito Municipal;
VII – determinar, no início da Sessão Legislativa anual, o arquivamento das proposições não apreciadas na anterior;
VIII – prestar contas à população do Município dos trabalhos realizados no ano anterior, pela Câmara, através da divulgação resumida dos mesmos, no mês de janeiro de cada ano;
IX – requisitar força policial, quando necessária a preservação da ordem e regular funcionamento dos trabalhos da Câmara.

Clique aqui para ter acesso à Resolução nº 1965/2016, que regulamenta a aplicação, no âmbito da Câmara Municipal de Macaé, da Lei Federal nº 12.527 e dá outras providências.

Cadastro realizado com sucesso

Seu cadastro será analisado por nosso setor de licitação.

Cadastro realizado com sucesso

Neste período, de acordo com o art. 61 do Regimento Interno (conforme redação dada pelo art. 4 da Resolução n. 2013/2022) ocorre o recesso legislativo e por essa razão não é disponibilizado a frequência dos vereadores.

A Câmara Municipal de Macaé informa que, até o momento, não foram realizados concursos ou processos seletivos recentes. O último concurso ocorreu em 2012. Para acessar informações sobre concursos anteriores, clique no link abaixo e consulte os arquivos correspondentes.