Vereadores discutem acessibilidade nos ônibus da cidade

Depois de receber reclamações de usuários do Sistema Integrado de Transporte (SIT), o vereador Marvel Maillet (Rede) apresentou requerimento que pede um relatório sobre a manutenção das plataformas de acesso dos ônibus que circulam na cidade. A votação do pedido, aprovado por unanimidade, aconteceu na sessão da Câmara Municipal de Macaé desta terça-feira (12).
Durante o debate sobre o requerimento, Marvel cobrou maior fiscalização do serviço. “Sabemos que diversos ônibus estão sem condições adequadas e o governo precisa estar atento, pois os passageiros que são cadeirantes ou que apresentam algum tipo de deficiência física acabam prejudicados”, afirmou.
Em seguida, Luiz Fernando (PT do B) pediu a palavra para reforçar as declarações de Marvel. Ele também fez críticas ao serviço e condenou a dupla função, que acontece em diversas linhas.
“O motorista é obrigado a fazer o papel de cobrador e fica em uma situação de risco para ele e para os passageiros. Além disso, há ônibus em péssimo estado. A passagem custa R$ 1 para o passageiro, mas a prefeitura paga o subsídio e, no mínimo, era para a qualidade ser bem maior”, acrescentou.
As bancadas de oposição e de governo ainda discutiram a exclusividade do SIT no transporte público. “O prefeito prorrogou a concessão por decreto e há interpretação de que essa medida possa ser ilegal”, alertou Maxwell Vaz (SD). Imediatamente, Júlio César de Barros (PMDB), o Julinho do Aeroporto, rebateu. “Não podemos esquecer que a concessão foi dada no governo anterior”, finalizou.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on email

Últimas Notícias