Enel esclarece dúvidas sobre serviço de energia na Câmara de Macaé

Foto: Tiago Ferreira

Atendendo a um requerimento aprovado no início do mês, a diretora de Relações Institucionais da Enel, Andreia Andrade, e uma equipe de especialistas estiveram, nesta quarta-feira (16), na Câmara Municipal de Macaé. Durante o Grande Expediente, eles responderam questionamentos sobre o serviço prestado pela concessionária. Os parlamentares ainda pediram melhorias no atendimento da Região Serrana e das escolas municipais.

Vereadores cobram melhoria no atendimento

George Jardim (PSDB), um dos autores do requerimento, relatou que desde a década de 80 um mesmo transformador atende a Bicuda Grande e a Bicuda Pequena. “Entretanto, de lá para cá, a população cresceu dez vezes nas imediações”. Ele também questionou a ausência de rede trifásica na localidade e falta de abastecimento em Serro Frio.

O tucano ainda denunciou um transformador que, segundo ele, estaria vazando óleo no Sana. Ele também pediu o aumento da carga de energia fornecida no local. “O município tem projeto para climatizar a escola atendida por este pequeno equipamento, mas para isso precisa do incremento da capacidade energética”.

Além das Bicudas, Tico Jardim (Pros) pediu atenção especial para a Areia Branca, que também sofre com a baixa carga de energia. “A região hoje vive do turismo, mas no verão não consegue atender adequadamente os visitantes, o que prejudica a economia local”.

Tico contou que, durante o culto, na sua Igreja, quando ligam a caixa de som, o ventilador desliga. “Nesse período de altas temperaturas, isso causa grande desconforto aos frequentadores”. O vereador acrescentou que, recentemente, no posto de saúde, a geladeira das vacinas queimou. “É difícil receber esses insumos. Agora, a população pode ficar sem o que precisa por causa de problemas no abastecimento de energia elétrica”.

O presidente Cesinha (Pros) aproveitou para solicitar o aumento de carga para todas as escolas da rede municipal que ainda não tenham rede trifásica, já que a prefeitura tem projeto para climatizar todas elas.

Luiz Matos (Republicanos) advertiu para a necessidade de ampliar a fiscalização, a fim de evitar acidentes com fiação irregular ou com problemas. “Recentemente, houve uma morte de um rapaz em Imbetiba. Além da falta de segurança, há também a questão estética, que compromete a paisagem urbana”, concluiu.

Enel responde

Após uma breve apresentação, Andreia respondeu às perguntas. Ela falou dos investimentos em Macaé, que atingiram R$14,2 milhões em 2021/2022, incluindo tecnologias, equipamentos e incremento no número de equipes. “No caso de haver uma necessidade de aumento de carga, precisamos ser comunicados oficialmente. Quando isso ocorre, iniciamos uma análise da capacidade das instalações locais. Se for preciso, reformulamos o projeto para atender às novas demandas”, explicou.

O chefe de Operações e Manutenção da Enel em Macaé, Alessandro Bastos, informou que a concessionária depende de licenças ambientais para iniciar melhorias na serra macaense. Contudo, “as obras na região das Bicudas devem iniciar ainda este mês”. Ele pediu auxílio dos vereadores para agilizar as demais licenças aguardadas.

Já a chefe do setor de Serviços Avançados de Rede, Kelly Lopes, destacou o desafio que é proteger a rede elétrica de furtos e danos causados por ligações, cabos e empresas clandestinas, milícias e particulares. “Este ano já retiramos uma tonelada de material clandestino da nossa rede. E, embora a fiscalização seja constante, é muito difícil acabar com o problema. Pois no dia seguinte a retirada, eles voltam a agir, causando danos à rede e colocando a vida das pessoas em risco.”

Bolsa Atleta

Foi aprovada ainda uma alteração na Lei 4.587/2019, que regulamenta o Bolsa Atleta. A mudança reduz a idade das pessoas que podem ser beneficiadas, de 12 para 10 anos. Cesinha e Luiz Matos ressaltaram o papel do secretário de Esporte Marvel Maillet, que propôs a redução e, quando vereador, atuou para a efetivação da lei, finalmente regulamentada no ano passado. Os parlamentares mencionaram como exemplo do alcance da lei a jovem Mariana Zamorano, de 14 anos, campeã mundial juvenil de jiu-jitsu, contemplada pelo programa.

Últimas Notícias

Neste período, de acordo com o art. 61 do Regimento Interno (conforme redação dada pelo art. 4 da Resolução n. 2013/2022) ocorre o recesso legislativo e por essa razão não é disponibilizado a frequência dos vereadores.

A Câmara Municipal de Macaé informa que, até o momento, não foram realizados concursos ou processos seletivos recentes. O último concurso ocorreu em 2012. Para acessar informações sobre concursos anteriores, clique no link abaixo e consulte os arquivos correspondentes.